Cadastro Nacional de Adoção aumenta cobertura no Estado após capacitação de servidores

6 Sep 2017

 

Servidores do Judiciário cearense que operam com o Cadastro Nacional de Adoção (CNA) estão recebendo treinamento acerca da operacionalização do sistema. Desde junho, a Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional (Cejai) do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) vem promovendo cursos para capacitação dos servidores das diferentes zonas judiciárias do Estado.

Desde então, o cenário da adoção legal no Ceará tem se modificado. Das 207 crianças disponíveis para adoção no Estado atualmente, 71 estão em municípios do Interior. Antes, apenas Fortaleza disponibilizava, vinculava e levava a efeito processos de adoção por meio do CNA.

O número de crianças que já se encontram vinculadas a alguma família também aumentou. Hoje esse número chega a 84, sendo 39 no Interior. Entre as adoções efetivadas pelo Cadastro em 2017, 26 aconteceram em Fortaleza e uma em Caucaia.

O promotor de Justiça Dairton Oliveira, que compõe grupo de trabalho de capacitação, ressalta que os números impressionam, pois revelam um resultado imediato de um processo de capacitação que normalmente só registra resultados a longo prazo.

Durante curso realizado no último dia 21 de julho no Palácio da Justiça, o chefe da Seção de Cadastro de Adoção do Fórum de Fortaleza, Deusimar Rodrigues de Alencar, ressaltou a relevância da qualificação para melhor atendimento às crianças e adolescentes disponíveis. “Se todas fossem inseridas no Cadastro Nacional, nós, praticamente, não teríamos fila de pretendentes. O Judiciário cearense está trabalhando para isso”, disse.

 

Próximos cursos:

DATA LOCAL DO CURSO REGIÕES BENEFICIADAS

15/09 - FORTALEZA - 6ª ZONA

06/10 - QUIXADÁ - 3ª E 4ª ZONAS

10/11 - FORTALEZA - 5ª E 6ª ZONAS

1º/12 - CRATEÚS - 9ª ZONA

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes

January 19, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

(85) 98843.4207 | (85) 98712.9566

Quem nos acalanta: